A Filmoteca da Catalunha apresenta até o dia 31 de julho o ciclo “Quando o Brasil era novo”, um conjunto de filmes brasileiros que, condicionados pela censura, exploraram os limites do cinema experimental.

A série, com curadoria de Marc Martínez e Paola Marugán, é composta de 13 títulos de cineastas como Glauber Rocha, Rogério Sganzerla, Luiz Oliveira e Hélio Oiticica, rodados desde os anos 60 até o final dos anos 80 – um período de profundas transformações estruturais no país.

A iniciativa permite a conexão entre este momento histórico do Brasil e novas leituras do presente, através da interpretação da estética e da linguagem de vanguarda e do rompimento com a indústria cinematográfica tradicional. Com o título original de “alô alô mundo! cinemas de invenção na geração 68”, a mostra já foi projetada em Madri, no Centro de Arte Dois de Maio (CA2M) e na Filmoteca Espanhola, e na Filmoteca CulturArts de Valência, assim como em outras instituições.

Confira a programação