Categoria: Eventos (page 1 of 3)

Dia do Brasil 2017: Cinema brasileiro em Barcelona, no Cine Girona

 

De 14 a 17 de setembro

Todos os filmes serão exibidos no Cinemes Girona (C/Girona 175).

http://www.diadebrasil.es/muestra-de-cine-brasileno/1 Mulher do pai 2 Martírio 3 Para ter onde ir 4 Jonas e o circo sem lona 5 Animal político

http://www.diadebrasil.es/muestra-de-cine-brasileno/

 

 

2ª Mostra Novocine na Filmoteca – De 1 a 6 de setembro

cine brasil 2novo cine 2017

 

Chega à Filmoteca da Catalunha a 2ª Mostra Novocine Barcelona, para dar a conhecer ao público catalão as últimas produções do Brasil. Com o objetivo de revelar as chaves da expansão cinematográfica do país, a mostra traz à cidade condal os filmes “Nise”, “Irmã Dulce”, “Jonas”, “Um homem só” e “O vendedor de passados”, inéditas na Catalunha.
A mostra é uma iniciativa do Consulado-Geral do Brasil em Barcelona, com apoio da Fundação Cultural Hispano-Brasileira, e acontece de 1º a 6 de setembro, na Filmoteca da Catalunha, Plaça Salvador Seguí, 1-9 – 08001 Barcelona.
Entrada: 2€ a 4€
Mais informação: https://goo.gl/HG5mQU

Sexta-feira 01/09 – 19h
Nise: O Coração da Loucura
ROBERTO BERLINER, 2015. Com: Glória Pires, Simone Mazzer, Julio Adrião, Claudio Jaborandy, Fabrício Boliveira, Roney Villela. Brasil. VOSE. 105′.
Ao voltar a trabalhar em um hospital psiquiátrico no subúrbio do Rio de Janeiro, após sair da prisão, a doutora Nise da Silveira (Gloria Pires) propõe uma nova forma de tratamento aos pacientes que sofrem de esquizofrenia, eliminando o eletrochoque e lobotomia. Seus colegas de trabalho discordam do seu meio de tratamento e a isolam, restando a ela assumir o abandonado Setor de Terapia Ocupacional, onde dá início a uma nova forma de lidar com os pacientes, através do amor e da arte.

Sábado 02/09 – 19h
O Vendedor de Passados
LULA BUARQUE DE HOLLANDA, 2015. Com: Alinne Moraes, Lázaro Ramos, Mayana Neiva, Ruth de Souza, Marcelo Escorel, Odilon Wagner. Brasil. VOSE. 100′.
O que você faria se pudesse alterar erros ou lembranças dolorosas do passado? Esta é a profissão de Vicente (Lázaro Ramos): ele vende passados às pessoas, criando documentos, fotos e outros indícios necessários para reescrever a história. Esta trama é uma adaptação do livro de mesmo nome, escrito pelo angolano José Eduardo Agualusa.

Domingo 03/09 – 19.30h
Jonas
LÔ POLITI, 2015. Com: Jesuíta Barbosa, Laura Neiva, Criolo, Paulo Américo, Ariclenes Barroso, Roberto Berindelli. Brasil. VOSE. 90′.
Em pleno Carnaval um rapaz (Jesuíta Barbosa) sequestra a filha da patroa da sua mãe, por quem sempre foi apaixonado, e a mantém refém dentro de um carro alegórico em forma de baleia. Presos na “barriga” do animal, eles iniciam um romance.

Terça-feira 05/09 – 21.30h
Irmã Dulce
VICENTE AMORIM, 2014. Com: Regina Braga, Bianca Comparato, Gracindo Júnior, Fábio Lago, Zezé Motta, Glória Pires, Zezé Polessa. Brasil. VOSE. 94′.
Cinebiografia de Irmã Dulce (Bianca Comparato/Regina Braga), que, em vida, foi chamada de “Anjo Bom da Bahia”, também indicada ao Nobel da Paz e beatificada pela Igreja. Contemplando da década de 1940 aos anos 1980, o filme mostra como a religiosa católica enfrentou uma doença respiratória incurável, o machismo, a indiferença de políticos e até mesmo os dogmas da Igreja para dedicar sua vida ao cuidado dos miseráveis – personificados na figura do fictício João (Amaurih Oliveira) –, deixando um legado que perdura até hoje.

Quarta-feira 06/09 – 21.30h
Um homem só
CLÁUDIA JOUVIN, 2016. Com: Vladimir Brichta, Luiza Mariani, Mariana Ximenes, Ingrid Guimaraes, Otávio Müller. Brasil. VOSE. 94′.
Arnaldo (Vladimir Brichta) é um homem que está infeliz no casamento e no trabalho. Para tentar resolver seus problemas, ele procura uma clínica que promete copiar as pessoas para livrá-las da vida miserável que levam. Com um clone ocupando seu lugar ele poderia começar uma vida nova, mas na hora do radical procedimento surge a dúvida sobre se é isto que ele realmente deseja fazer.

Sucesso do Concerto de verão do Coral Villa-Lobos

baptistao-villa-lobos

No dia 11, aqui no centro, houve o Concerto de Verão do Coral Villa-Lobos, sob a direção artística e regência do Maestro José Roberto de Paulo.

Um público de alunos e familiares dos integrantes do coral entusiasmou-se com a qualidade desse conjunto

O repertório

Minha Canção – Música de Luiz Henriquez e texto de Sérgio Bardotti (tradução e adaptação de Chico Buarque)
Mulher Rendeira – Folclore nordestino – Cânone por Edino Krieger
Água de Beber – Tom Jobim e Vinicius de Moraes – Arranjo de Munir Sabag
Maria, Maria – Milton Nascimento e Fernando Brant – Arranjo de Zé Pedro Boésio
Xote das Meninas – Luiz Gonzaga e Zé Dantas – Arranjo de Edson Rodrigues

 WhatsApp Image 2017-07-13 at 16.25.01
Os cantores
Sopranos
AnaCélia, Bárbara Bontempo de Menezes, Glaucenira Maximino, Juliana Castelo, Marina Quezado, Paula Muñoz, Pepita Aguilera, Regina Ivo, Tatiana Minossi,
Contraltos
Cecília Queiroz, Eliana Arruda, Maria Juracy Aires, Marina Cavalcanti, Teka Maria, Virgínia Caetano Baumhardt
Tenores
Edgard Cabral, Enric Llorens
Baixos
Augusto Rodrigues, David Viader, Edi Barceló

 

Para os que desejarem integrar o coral (inscrição gratuita)Ensaios:
Segunda-feira: das 13h às 15h
Quinta-feira: das 17h às 18h40

Local: Centro Cultural do Brasil em Barcelona

Estrela Guia: Uma nova arte contemporânea do Brasil, em Barcelona, até 11 de junho

llimos-arte brasil contempNo Espaço Marc Llimós – Sant Pere Més Alt, 43 – de 31 de maio a 11 de junho
30 de maio, inauguração.
A partir de amanhã, dia 31, aberta ao público, de 16h às 21h, até o dia 11 de junho.

O  Espai Marc Llimós, Sant Pere Més Alt 43 de Barcelona, apresenta de 31 de maio a 11 de junho  a mostra coletiva Estrella Guia, un nou art contemporani del Brasil.

Comissariada por Angela Oliveira, l’exposició Estrella Guia, un nou art contemporani del Brasil és part del projecte itinerant “Mars, Flors, Colors i Estrella Guia”, una mostra col·lectiva que pretén difondre nous artistes contemporanis del Brasil i aproximar cultures a través de l’art.

Iniciada na Croácia em 2013, a exposição já percorreu a França, Portugal, Itália, Áustria,  Principado de Liechtenstein e os Estados Unidos, e agora chega a Barcelona, onde se apresenta noOpai Marc Llimós.

O título alude à escultura flotante Miraestels, de Robert Llimós,  instalada no porto de Barcelona, e a​​presenta obras de 43 artistas brasileiros ou diretamente relacionados com o Brasil que compartiilham espaço com uma seleção de pinturas e esculturas do artista catalão Robert Llimós. Entre os artistas participantes destacam-se o catalão David Dalmau e os brasileiros Luciana Gómez e Dema Reis.

Em Barcelona, a mostra contarà, em exclusiva, com a participação da artista brasileira Mariana Rocha, vencedora da edição atual das bolsas PEI, Programa d’Estudis Independents, del Macba, que apresentarà a performance Finita durante a inauguração da mostra.

Depois de Barcelona, a exposição seguirá o seu programa, em Lisboa, Cascais, Viena e Mônaco.

http://www.bonart.cat/actual/lart-contemporani-brasiler-arriba-a-lespai-marc-llimos/

 

23 de maio: “Carne do Umbigo”, de Maria Rezende, no Club Cronopios, de Barcelona

maria rezende
O espetáculo intimista da brasileira Maria Rezende, que une poesia, performance e videopoemas em português e espanhol, chega a Barcelona dia 23 de maio, no Club Cronopios. Concebido, dirigido e encenado pela própria autora, “Carne do Umbigo” é um recital multimídia que tem como cenário em projeção fotos de Ana Alexandrino, que clicou partes do corpo da poeta, e é costurado pelos videopoemas que se tornaram a marca de Maria.

As imagens dos vídeos são captadas e editadas pela própria artista e os poemas recitados são uma seleção de versos extraídos de seus três livros publicados: Substantivo feminino (2003), Bendita palavra (2008) e Carne do umbigo (2015).

Depois de ser apresentado no Rio de Janeiro, Lisboa, Porto e Ovar, o espetáculo irá estrear em Barcelona, onde a poeta apresentará pela primera vez seu trabalho em português e espanhol, e contará com a participação do músico Pau Zañartu e de uma artista supresa convidada.

O evento irá acontecer no Club Cronopios (Carrer de Ferlandina 16, Barcelona), dia 23 de mayo, às 19h. Localizado no bairro de Raval, o Club Cronopios oferece um espaço para promover a literatura e a expressão criativa em suas mais diversas formas, com múltiplos eventos e atividades de caráter cultural, criativo e social.

Este é uma evento organizado pelo Consulado-Geral do Brasil em Barcelona e pela Meta Brasil, um projeto cultural liderado pela escola LSB Portuguese. O evento conta, também, com o apoio da Casa Amèrica de Catalunya.

Veja também:

http://www.mariadapoesia.com/

Stefan Zweig e o Brasil: conferência na Universidade de Barcelona adiada para 23 de maio

stefan zweig ub

David Fontanals (pesquisador em formação no  Centre de recerca ADHUC-Teoria, Gènere, Sexualitat de la Universitat de Barcelona) ministrará a conferência “O Brasil como terra prometida na obra de Stefan Zweig”, dedicada a analisar, a partir do ensaio Brasil: país do futuro, a relação do escritor austríaco com o país que o acolheu no seu derradeiro exílio, e com o seu potencial utópico.

Este evento faz parte do ciclo “No només Clarice Lispector”, co-organizado por Estudis Gallecs i Portuguesos, da Universidade de Barcelona, e o Centro Cultural do Brasil em Barcelona.

Activitat en català. Assistència oberta.

Terça-feira / Dimarts –  16 de maio / maig 2017, de 11h00 a 12h30 AULA 4.2, EDIFICI JOSEP CARNER, UNIVERSITAT DE BARCELONA

C/ ARIBAU 2, 4RT PIS – 08007 BARCELONA ASSISTÈNCIA OBERTA

Ciclo de Cinema Brasileiro 2017

O Centro Cultural do Brasil , em conjunto com a Associação de Pesquisadores e Estudantes Brasileiros na Catalunha  (APEC) , organiza um ciclo de cinema brasileiro gratuito durante  os meses  de maio  e junho, em  comemoração ao Dia da Língua Portuguesa, celebrado nesta sexta-feira.

A iniciativa conta com  seis filmes brasileiros e  a primeira sessão, com a obra “Vidas em Português”, inclui a  audição (e análise do texto) da canção “Língua”, de Caetano Veloso.

Todas as projeções serão na sede do  Centro Cultural do Brasil em Barcelona,  Passeig de Gràcia, 41 – 3º (Casa Amatller).

Confira a programação:

Maio
Dia 5, sexta-feira 19:00 Vidas em Português
2002 – 105 minutos
Direção: Victor Lopes
Participação de Mia Couto, Martinho da Vila, João Ubaldo Ribeiro, Teresa Salgueiro, José Saramago
vidas
Dia 15, segunda-feira 19:00 Lisbela e o Prisioneiro
Da homônima obra de Osman Lins
2003 – 106 minutos
Direção: Guel Arraes
Com Débora Falabella, Virginia Cavendish, Bruno Garcia, André Mattos
Lisbela_e_o_Prisioneiro
Junho
Dia 1, quinta-feira 19:00 Capitães de Areia
Da homônima obra de Jorge Amado
2011 – 96 minutos
Direção: Cecília Amado
Com Ana Graciela, Conceição de Amorim, Jean Luís Souza de Conceição, Elielson Santos da Silva, Paulo Raimundo, Abade Souza, Israel Vinícius Gouvêa de Assis, Romário Santos de Lima
capitaesdaareiafilme
Dia 7,
quarta-feira
19:00 Macunaíma
Da homônima obra de Mário de Andrade
1969 – 108 minutos
Direção: Joaquim Pedro de Andrade
Com Grande Otelo, Paulo José, Jardel Filho, Milton Gonçalves, Dina Sfat, Joana Fomm, Zezé Macedo, Wilza Carla, Hugo Carvana, Maria Lúcia Dahl
macunaima
Dia 22,
quinta-feira
19:00 Vidas Secas
Da homônima obra de Graciliano Ramos
1963 – 103 minutos
Direção: Nelson Pereira dos Santos
Com Átila Iório, Maria Ribeiro, Jofre Soares
vidas_secas
Dia 30,
sexta-feira
19:00 O Auto da Compadecida
Da homônima obra de Ariano Suassuna
1999 – 104 minutos
Direção: Guel Arraes
Com Matheus Nachtergaele, Selton Mello, Diogo Vilela, Denise Fraga, Fernanda Montenegro
O_Auto_da_Compadecida

5 de maio: dia da língua portuguesa no Centro Cultural em Barcelona

Em 20 de julho de 2009, em reunião do Conselho de Ministros da CPLP, foi instituído o dia 5 de maio como Dia da Língua Portuguesa e da Cultura da Comunidade dos Povos de Língua Portuguesa.

Para comemorar este 5 de maio de 2017, o Centro Cultural do Brasil em Barcelona fará a projeção, às 19h, do filme “Vidas em Português“, de Victor Lopes. Antes da projeção, audição e análise da canção “Língua“, de Caetano Veloso. Leia mais

O Centro Cultural na Festa de Sant Jordi

clarice ponto livroDomingo, 23 de abril, centenas de milhares de pessoas ocuparam Barcelona na festa das rosas e dos livros. O dia de sol favoreceu a presença de tanta tanta gente. Nossa mesa, no nº 29 do Paseo de Gracia, foi visitada por milhares de pessoas – comprando livros, pedindo informações, compartilhando nossa alegria.

A Cônsul-Geral do Brasil em Barcelona, Embaixadora Maria Elisa Berenguer, e o Cônsul-Geral Adjunto, Ministro Gustavo Rocha de Menezes, prestigiaram com suas presenças a mesa do CCBBcn.

Também prestigiou essa atividade do Centro o escritor Salvador Casas, que acaba de lançar seu romance Samba para um defunto (Samba per a un difunt), à venda na nossa mesa.
É a terceira participação consecutiva do centro na Festa de São Jordi, graças à generosidade do Ajuntament (Prefeitura) de Barcelona.

IMG_1238

IMG_1230IMG_1242

Estaremos de novo, com nossa mesa, na Festa de Sant Jordi

Como nos últimos anos, o Centro Cultural do Brasil em Barcelona terá sua mesa na Festa de Sant Jordi 2017, domingo próximo, 23 abril. Estaremos em frente ao número 29 do Passeig de Grácia. clarice ponto livro

Aí serão exibidos livros brasileiros, em portugués, em catalão, em español.

Estarão “La mort i la mort d’en Quincas Bram d’Aigua”, de Jorge Amado (Trad. de Gabriel de la S. T. Sampol, ed. Lapizlàtzuli), “Samba per a un difunt”, de Salvador Casas (Editoral Gregal), textos de autores traduzidos e publicadas pela Editora Maresia (Barcelona) e pela editora Paralelo Sur (Barcelona).

Às 17h, o escritor Salvador Casas  estará na nossa mesa para autografar o seu Samba per a un difunt.

quincassamba per a un difunt

IMG_0244

Nossa mesa em 2016

 

linha_verdamarela

O SINCRETISMO ENTRE SÃO JORGE E OGUM NA UMBANDA: RESSIGNIFICAÇÕES DE TRADIÇÕES EUROPEIAS E AFRICANAS

São Jorge sempre despertou nos mais variados povos da Antiguidade, e ainda hoje, o fascínio de uma divindade que mesclava a força, a energia criativa, à proteção do guerreiro, daquele que traz consigo o poder da terra e dos veios ferrosos. O ferro, enquanto matéria prima imprescindível para a confecção das armas que manteriam determinada sociedade em condições de lutar pela sua sobrevivência, associou-se a vários outros símbolos que culminaram por forjar o famoso “Santo Guerreiro”. O povo brasileiro, muito associado ao Santo em questão, possui a mestiçagem de ancestrais que de alguma forma estiveram em contato com o vasto simbolismo que São Jorge nos ensina: a força da terra, com suas matas e grutas em pedra; a guerra e o cavaleiro; o ferro e a forja no fogo; um alfabeto mágico; o dragão e os veios energéticos que marcam os terrenos das sociedades. O São Jorge que ora se apresenta nestas linhas é a tentativa de mostrar o elo entre muitas culturas, inúmeros simbolismos, mesmo arquétipos que uniram povos desde o norte da Europa até os nossos ancestrais portugueses e africanos. Esse é o caso da aproximação realizada nos rituais umbandistas, em território brasileiro, entre o santo católico e o Orixá Ogum.

 Adílio Jorge Marques e Marcelo Alonso Morais Ogum-Santo Antonio-São Jorge

Leia o texto completo aqui:

ANAIS DO III ENCONTRO NACIONAL DO GT HISTÓRIA DAS RELIGIÕES E DAS RELIGIOSIDADES – ANPUH -Questões teórico-metodológicas no estudo das religiões e religiosidades. IN: Revista Brasileira de História das Religiões. Maringá (PR) v. III, n.9, jan/2011. ISSN 1983-2859.

 http://www.dhi.uem.br/gtreligiao/pdf8/ST7/009%20-%20Adilio%20Jorge%20Marques_%20Marcelo%20Alonso%20Morais.pdf

Older posts