Categoria: Cinema (page 1 of 2)

Cinema de Glauber Rocha na Filmoteca da Catalunha

Festival Márgenes: Glauber Rocha – 12-30.dez.2017

ImatgeImatge
http://www.filmoteca.cat/web/programacio/cicles/festival-margenes-glauber-rocha

HORA DE CLARICE 2017 em Barcelona

programa para web 1programa para web 3programa para web 4programa para web 2

Lúcia Veríssimo no CCBBcn para comentar seu filme “Eu, meu pai e Os Cariocas”

eu-meu-pai-cariocas

Na segunda-feira, 30 de outubro, entre 19h e 20h, Lúcia Veríssimo estará no Centro Cultural do Brasil em Barcelona para, com alunos do centro e público em geral, conversar sobre seu filme “Eu, meu pai e Os Cariocas”, que, na terça-feira, dia 31,  será exibido no Cine Aribau, no âmbito do festival In-Edit.

O documentário mostra a história da música no Brasil a partir da Rádio Nacional até os dias de hoje, tendo como fio condutor a carreira do Maestro Severino Filho, fundador do grupo vocal OS CARIOCAS, conjunto que lançou a BOSSA NOVA no Brasil.

A partir da afirmação de Tom Jobim de que toda música é o reflexo de sua época, o filme expõe como a cultura dessa nação extremamente musical foi sendo escrita com as influências sociopolíticas desde 1946 a 2016.

Foram captados mais de 60 depoimentos com os mais influentes artistas, musicólogos, escritores, maestros, compositores e historiadores para relatar uma história que até hoje não foi contada no cinema, a forma como a música é influenciada pela política. O documentário foi idealizado, dirigido, produzido e narrado pela atriz Lúcia Veríssimo, filha do Maestro Severino Filho, o que a torna testemunha direta de grande parte dessa trajetória.

Responsável pela câmera um, os depoimentos são dados com a intimidade de quem convive com a atriz/diretora desde sua mais tenra idade, fazendo assim com que o espectador possa se sentir como um convidado especial naquela “conversa”.

Começando a narrativa na famosa Rádio Nacional, passando pela Bossa Nova, Tropicália, Samba e MPB, esse documentário faz uma explanação de como fatos históricos foram determinantes no desenvolvimento artístico brasileiro. O documentário conta com um rico acervo entre fotos, filmes, vídeos, além de 134 músicas.

lucia verisssimo eu meu pai os cariocas - in edit brasil

Dia do Brasil 2017: Cinema brasileiro em Barcelona, no Cine Girona

mulherdopai

De 14 a 17 de setembro

Todos os filmes serão exibidos no Cinemes Girona (C/Girona 175).

http://www.diadebrasil.es/muestra-de-cine-brasileno/1 Mulher do pai

2 Martírio

3 Para ter onde ir

4 Jonas e o circo sem lona

5 Animal político

http://www.diadebrasil.es/muestra-de-cine-brasileno/

 

 

2ª Mostra Novocine na Filmoteca – De 1 a 6 de setembro

cine brasil 2novo cine 2017

 

Chega à Filmoteca da Catalunha a 2ª Mostra Novocine Barcelona, para dar a conhecer ao público catalão as últimas produções do Brasil. Com o objetivo de revelar as chaves da expansão cinematográfica do país, a mostra traz à cidade condal os filmes “Nise”, “Irmã Dulce”, “Jonas”, “Um homem só” e “O vendedor de passados”, inéditas na Catalunha.
A mostra é uma iniciativa do Consulado-Geral do Brasil em Barcelona, com apoio da Fundação Cultural Hispano-Brasileira, e acontece de 1º a 6 de setembro, na Filmoteca da Catalunha, Plaça Salvador Seguí, 1-9 – 08001 Barcelona.
Entrada: 2€ a 4€
Mais informação: https://goo.gl/HG5mQU

Sexta-feira 01/09 – 19h
Nise: O Coração da Loucura
ROBERTO BERLINER, 2015. Com: Glória Pires, Simone Mazzer, Julio Adrião, Claudio Jaborandy, Fabrício Boliveira, Roney Villela. Brasil. VOSE. 105′.
Ao voltar a trabalhar em um hospital psiquiátrico no subúrbio do Rio de Janeiro, após sair da prisão, a doutora Nise da Silveira (Gloria Pires) propõe uma nova forma de tratamento aos pacientes que sofrem de esquizofrenia, eliminando o eletrochoque e lobotomia. Seus colegas de trabalho discordam do seu meio de tratamento e a isolam, restando a ela assumir o abandonado Setor de Terapia Ocupacional, onde dá início a uma nova forma de lidar com os pacientes, através do amor e da arte.

Sábado 02/09 – 19h
O Vendedor de Passados
LULA BUARQUE DE HOLLANDA, 2015. Com: Alinne Moraes, Lázaro Ramos, Mayana Neiva, Ruth de Souza, Marcelo Escorel, Odilon Wagner. Brasil. VOSE. 100′.
O que você faria se pudesse alterar erros ou lembranças dolorosas do passado? Esta é a profissão de Vicente (Lázaro Ramos): ele vende passados às pessoas, criando documentos, fotos e outros indícios necessários para reescrever a história. Esta trama é uma adaptação do livro de mesmo nome, escrito pelo angolano José Eduardo Agualusa.

Domingo 03/09 – 19.30h
Jonas
LÔ POLITI, 2015. Com: Jesuíta Barbosa, Laura Neiva, Criolo, Paulo Américo, Ariclenes Barroso, Roberto Berindelli. Brasil. VOSE. 90′.
Em pleno Carnaval um rapaz (Jesuíta Barbosa) sequestra a filha da patroa da sua mãe, por quem sempre foi apaixonado, e a mantém refém dentro de um carro alegórico em forma de baleia. Presos na “barriga” do animal, eles iniciam um romance.

Terça-feira 05/09 – 21.30h
Irmã Dulce
VICENTE AMORIM, 2014. Com: Regina Braga, Bianca Comparato, Gracindo Júnior, Fábio Lago, Zezé Motta, Glória Pires, Zezé Polessa. Brasil. VOSE. 94′.
Cinebiografia de Irmã Dulce (Bianca Comparato/Regina Braga), que, em vida, foi chamada de “Anjo Bom da Bahia”, também indicada ao Nobel da Paz e beatificada pela Igreja. Contemplando da década de 1940 aos anos 1980, o filme mostra como a religiosa católica enfrentou uma doença respiratória incurável, o machismo, a indiferença de políticos e até mesmo os dogmas da Igreja para dedicar sua vida ao cuidado dos miseráveis – personificados na figura do fictício João (Amaurih Oliveira) –, deixando um legado que perdura até hoje.

Quarta-feira 06/09 – 21.30h
Um homem só
CLÁUDIA JOUVIN, 2016. Com: Vladimir Brichta, Luiza Mariani, Mariana Ximenes, Ingrid Guimaraes, Otávio Müller. Brasil. VOSE. 94′.
Arnaldo (Vladimir Brichta) é um homem que está infeliz no casamento e no trabalho. Para tentar resolver seus problemas, ele procura uma clínica que promete copiar as pessoas para livrá-las da vida miserável que levam. Com um clone ocupando seu lugar ele poderia começar uma vida nova, mas na hora do radical procedimento surge a dúvida sobre se é isto que ele realmente deseja fazer.

Termina o Ciclo de Cinema 2017 com “O Auto da Compadecida”

autocomparecida07

Nesta sexta-feira dia 30, às 19h, conclui o Ciclo de Cinema 2017 que incluiu, entre maio e junho, cinco obras baseadas em textos literários brasileiros.

E finaliza com o grande sucesso de Ariano Suassuna, “O Auto da Compadecida” (1955), filme de Guel Arraes (2000), com Matheus Nachtergaele, Selton Mello, Fernanda Montenegro, Denise Fraga, Marco Nanini, Virginia Cavendish, Diogo Vilela, Rogério Cardoso, Lima Duarte, Enrique Diaz, Aramis Trindade, Bruno Garcia, Luis Melo e  Maurício Gonçalves.  Leia mais

Ciclo de Cinema Brasileiro 2017

O Centro Cultural do Brasil , em conjunto com a Associação de Pesquisadores e Estudantes Brasileiros na Catalunha  (APEC) , organiza um ciclo de cinema brasileiro gratuito durante  os meses  de maio  e junho, em  comemoração ao Dia da Língua Portuguesa, celebrado nesta sexta-feira.

A iniciativa conta com  seis filmes brasileiros e  a primeira sessão, com a obra “Vidas em Português”, inclui a  audição (e análise do texto) da canção “Língua”, de Caetano Veloso.

Todas as projeções serão na sede do  Centro Cultural do Brasil em Barcelona,  Passeig de Gràcia, 41 – 3º (Casa Amatller).

Confira a programação:

Maio
Dia 5, sexta-feira 19:00 Vidas em Português
2002 – 105 minutos
Direção: Victor Lopes
Participação de Mia Couto, Martinho da Vila, João Ubaldo Ribeiro, Teresa Salgueiro, José Saramago
vidas
Dia 15, segunda-feira 19:00 Lisbela e o Prisioneiro
Da homônima obra de Osman Lins
2003 – 106 minutos
Direção: Guel Arraes
Com Débora Falabella, Virginia Cavendish, Bruno Garcia, André Mattos
Lisbela_e_o_Prisioneiro
Junho
Dia 1, quinta-feira 19:00 Capitães de Areia
Da homônima obra de Jorge Amado
2011 – 96 minutos
Direção: Cecília Amado
Com Ana Graciela, Conceição de Amorim, Jean Luís Souza de Conceição, Elielson Santos da Silva, Paulo Raimundo, Abade Souza, Israel Vinícius Gouvêa de Assis, Romário Santos de Lima
capitaesdaareiafilme
Dia 7,
quarta-feira
19:00 Macunaíma
Da homônima obra de Mário de Andrade
1969 – 108 minutos
Direção: Joaquim Pedro de Andrade
Com Grande Otelo, Paulo José, Jardel Filho, Milton Gonçalves, Dina Sfat, Joana Fomm, Zezé Macedo, Wilza Carla, Hugo Carvana, Maria Lúcia Dahl
macunaima
Dia 22,
quinta-feira
19:00 Vidas Secas
Da homônima obra de Graciliano Ramos
1963 – 103 minutos
Direção: Nelson Pereira dos Santos
Com Átila Iório, Maria Ribeiro, Jofre Soares
vidas_secas
Dia 30,
sexta-feira
19:00 O Auto da Compadecida
Da homônima obra de Ariano Suassuna
1999 – 104 minutos
Direção: Guel Arraes
Com Matheus Nachtergaele, Selton Mello, Diogo Vilela, Denise Fraga, Fernanda Montenegro
O_Auto_da_Compadecida

5 de maio: dia da língua portuguesa no Centro Cultural em Barcelona

Em 20 de julho de 2009, em reunião do Conselho de Ministros da CPLP, foi instituído o dia 5 de maio como Dia da Língua Portuguesa e da Cultura da Comunidade dos Povos de Língua Portuguesa.

Para comemorar este 5 de maio de 2017, o Centro Cultural do Brasil em Barcelona fará a projeção, às 19h, do filme “Vidas em Português“, de Victor Lopes. Antes da projeção, audição e análise da canção “Língua“, de Caetano Veloso. Leia mais

Apresentação de Cinema Novo, de Eryk Rocha

cinema-novo-banner-cinesa-diagonal

Exibição do filme Cinema Novo, de Eryk Rocha, com apresentação de Carlos Pulido, nesta terça-feira,  dia 13 de dezembro, às 20h30, na sala Diagonal Sarriá de Barcelona. Escolhido pela crítica brasileira como o melhor filme de 2016, foi premiado como o melhor documentário no Festival de Cannes de 2016.

Presente de um pôster DinA3 do filme a todos os assistentes a esta sessão especial.

 

Cinema brasileiro em Sant Sadurní d’Anoia – De 4 a 8 de julho

Sant Sadurni XII Cicle cinema brasiler 2016

4 de julho, 20h30
UNA SEGUNDA MADRE (Que horas ela volta?), de Anna Muylaert

5 de julho, 20h30
FEBRE DO RATO, de Cláudio Assis

6 de julho, 20h30
O FIM E O PRINCÍPIO, de Eduardo Coutinho

 

7 de julho, 20h30
ALEMÃO, de José Eduardo Belmonte

8 de julho, 20h30
A NOITE DA VIRADA, de Fábio Mendonça e ROBERTO CARLOS EM JERUSALÉM

 organitzacolaboren

 

Older posts